domingo, 12 de agosto de 2012

FELIZ DIA DOS PAIS


Meu pai já se foi, e sinto saudades...
Era uma pessoa fechada, inteligente, aproveitou bem a vida(ele sempre dizia isso..) mas também lutou muito, nada foi de mão beijada. 
Mas uma coisa engraçada, que ele escondia, na criação masculinizada que teve da minha avó (perdeu o pai dele cedo) recebeu também um lado feminino. Minha avó quando ele fazia "arte" (e olha que meu pai fazia, dizia ela que meu pai era bem levado) ela colocava ele e meus tios para fazerem crochê. Quem fizesse peraltice teria que fazer um paninho inteiro, e como isso era coisa de "mulherzinha" os meninos dosavam bem a vida deles. Mas meu pai não, era o que mais fazia paninhos de crochê. vira e mexe estava ele lá no castigo. E com isso ele sabia fazer crochê, mas era segredo de 7 chaves mesmo (desculpa pai, estou revelando isso aqui, não fique muito brabo) então, como paninho "era coisa de mulherzinha" ele passou a fazer chapéus de crochê. e ficavam lindos, do tipo panamá e ficavam durinhos, ele fazia todo em ponto baixo, cada um de uma cor. fazia até bonés.Meu pai fazia muita coisa, nossa!!! Ele fazia peças de madeira que ficavam lindíssimas, esculturas, caixinhas, jogos de xadrez (ele jogava muito xadrez, sinuca, e dama, era fera, tinha troféus e medalhas), tabuleiros de dama... Papai pintava cada tela!!! Tem tela dele espalhadas por ai, ele pintava e presenteava os amigos. Era uma pessoa criativa, adorava animais. 
Comprava um saco de laranjas, sentava, descascava tudo, chupava as laranjas e dava para gente, ficávamos todos sentados em volta dele, ele contava histórias e chupávamos as laranjas. 
Minhas filhas não conheceram o avó, ele conheceu a mais velha e viu a do meio nascer. Mas elas não tiveram esse privilégio.
Bom pai, fica aqui registrado meu muito obrigada por tudo, fica aqui também registrado a minha saudade, o meu respeito, minha admiração e orgulho.
Um feliz dia dos Pais a todos os pais de cada um(a) de vocês. Quem ainda tem seu pai, saiba amar e respeitar e quem não tem mais, como eu, que guarde na memória tudo que aprendeu e todo amor que sentiam por ele.
Fiquem em Paz!!!

4 comentários:

Michele Sant'Ana disse...

Oi Inez querida, tudo bem com vc?
Nossa, me emocionei tanto ao ler seu post... vc descreveu tão carinhosamente seu pai que parecia que eu o estava vendo fazer os chapéis de crochê, ele devia ser muito levado né?
Me fez sentir ainda mais saudade do meu amado pai, que eu perdi com apenas 4 aninhos...
Abraços amadinha e até breve!

O Profeta disse...

Saberás que há pedras brancas na ilha
Que a raiva é cegueira à maravilha
O mar às vezes se veste de maresia
Que um amor no amar confia?

Saberás que às vezes escondo o coração à crueldade do mundo
Que o que outrora desejava agora receio
Que a minha desesperada mente combate a tua
Que a ternura às vezes morre ao meio da rua
Boa semana

Doce beijo

Franciele Godoy disse...

Deve dar muito vazio perder alguém querido assim, né?!
"/
Mas com certeza ele te amou muito!!
Bjss =**

Lucia Bara disse...

Oi florzinha
Vim agradecer a visita e deixar um xero com votos de um bom final de semana!
Beijos